Sobre rap, trap e grime 

Faz um tempo já que ouvimos falar de "vertentes" do rap. Isso já é de longa data, mas só agora esta tomando outras proporções. Principalmente com Mc's fazendo somente Trap ou Grime, etc.

Eu pessoalmente acho isso normal, assim como aconteceu com o Rock e outros gêneros musicais.

Maaas, tem um fato muito importante que temos que levar em consideração quando falamos de rap: O Hip-Hop.

O Hip-Hop não é um gênero musical, é uma cultura, um movimento e tem muita história nele

Sobre rap, trap e grime 

O Hip-Hop foi um movimento criado em Nova York, não vou entrar em detalhes, pois a história é bem fácil de achar: pt.wikipedia.org/wiki/Hip_hop#

Ele é baseado em 4 elementos, que compõe a Cultura Hip-Hop:
- Mc
- Dj
- Break
- Graffiti

Foi assim que surgiu e assim que ele vive até hoje. O Hip-Hop foi uma maneira de tirar pretas e pretos das gangues, que eram muito presentes em Nova York naquela época. Exaltar a história do povo preto e suas origens.

Seguir

Sobre rap, trap e grime 

"Mas até ai, Trap/Grime também tem Mc e tem Dj"

Sim, tem. Mas o rap nunca foi sozinho, ele sempre esteve incluso no Hip-Hop. Não existe rap sem ativismo, sem história e sem a cultura. Por isso que também (pra mim) não existe rap conservador/de direita, pois não faz sentido, é outro gênero musical com rimas e batidas.

Isso não quer dizer que o Rap é melhor que o Trap/grime. Eles são diferentes e um não excluí o outro. Rap não é e nunca foi só um gênero musical.

Sobre rap, trap e grime 

Mesmo que alguém do rap, faça um Trap. Isso não diminui ele e seu trabalho no Hip-Hop (se houver).

Por isso que se um branco que só fala de droga e ostentação (cof-matue-cof), não canta rap.

Por isso que o BK patrocinado pela Adidas falando de ostentação, ainda faz rap.

Por isso que um branco que promove sarau e ajuda a molecadinha, faz rap.

Rap não é só um gênero musical.
Rap é luta.
Rap é história.
Rap é conselho.
Rap é também Hip-Hop.

Sobre rap, trap e grime 

@dobrado Uma tristeza que o Metal também nasceu como uma cultura, um gênero de base operária e forte cerne anti-autoriatário, em que seu ethos era indissociável da música... E aí virou o que temos aí hoje.

Sobre rap, trap e grime 

@lpslucasps Como diria o Emicida: A sociedade vende Jesus, por que não ia vender rap?

Sobre rap, trap e grime 

@dobrado Não curto rap (a música; a cultura é top), mas espero de coração que ele consiga escapar esse destino horrível do Metal.

Sobre rap, trap e grime 

@dobrado esses dia fui lá catar uma galera no seu lastfm e botei o Febem pra ouvir, o Running. Aí to lá ouvindo e de repente "Fez dinheiro pra carai, bom saber. Se um dia eu precisar, vou roubar o Matuê."

e eu eeeeeeeeeeeeeita :ablobspin: :ablobspin:

Sobre rap, trap e grime 

@_gbrlpires hahaha Isso pq o febem fazia parte da mesma banca, né? Ele saiu um tempo atrás e começou gravar sozinho. Ele até deu uma entrevista, onde comentou que só começou a fazer sucesso quando voltou a fazer música pra própria quebrada.

Aliás, o Yung Buda também mandou uma que é tipo "Se a gente se matar, quem mata o Matue?" hahahaha

Sobre rap, trap e grime 

@dobrado olha vc podia trazer umas fofocas do rap tbm, eu super ia gostar de ler hauahauahaua :blobcatsip: 🍿

Sobre rap, trap e grime 

@_gbrlpires hahaha dessas eu sei poucas. XD

Sobre rap, trap e grime 

@_gbrlpires mas vai sair um podcast aí... Sobre rap e tal... Um dia... Quem sabe. Hahaha

Entre para participar dessa conversa
bantu.social

Instância do Mastodon com foco em pessoas não-brancas brasileiras.