Acabei de ouvir o Naruhodo sobre como o ensino da psicologia no Brasil esta "quebrado".

As opiniões são bem fortes, mas fazem sentido. E mostra como abre espaço para picaretagem tipo coach.

b9.com.br/shows/naruhodo/naruh

Seguir

Me lembrou o @cleitonlima xingando a academia. hauhauhauh

@dobrado nem assisti, mas se for igual na pedagogia, quando o currículo e o referencial teórico não são atualizados, abre a brecha para algum esperto de fora aparecer com uma sugestão mirabolante.

@cleitonlima Eu acho que é quase isso. xD

Ele fala que o estudo de psicologia no Brasil é "igrejinha", a galera estuda os teóricos, mas não a teoria por trás de tudo. E ficam só "regurgitando" um conhecimento antigo, sem atualizar ou adaptar para o mundo atual.

E critica bastante a falta de uso de método científico e estatística para estudar pessoas e grupos.

@dobrado a parte da igrejinha é basicamente o cenário nacional no estudo da tecnologia. A galera tá na época que internet era novidade. Li um artigo semana passada que tratava videoclipe como última tendência da moda... Aí abre brecha para todo tipo de charlatão mesmo.

Sobre a segunda parte, tem que tomar muito cuidado. Geralmente essas afirmações de "Não tem método científico" é porque não fazem muita pesquisa quantitativa. E nas ciências humanas a gente não fez mesmo não. É assim mesmo.

@dobrado e não é porque não tem um monte de número, estatística e gráficos da hora que não teve método científico. Tem muitas metodologias qualitativas: análise do discurso, análise de texto, pesquisação, entrevista...

Quem tem que garantir que tudo isso foi feito cientificamente é a banca. Daí volta para a questão da igrejinha e não de metodologia em si.

Entre para participar dessa conversa
bantu.social

Instância do Mastodon com foco em pessoas não-brancas brasileiras.